Vinhos Argentinos

A Argentina é conhecida como a maior produtora e também consumidora de vinhos de toda a América Latina, presente em mais de 120 países, possui um cenário totalmente favorável com temperaturas adequadas, poucas chuvas e baixa umidade, uma série de adjetivos que juntos cooperam para o plantio e colheita de uvas da melhor qualidade.

Vinhos Argentinos

Em 1566 foram cultivadas as primeiras videiras na Argentina, que atualmente já somam um total de 1300 vinícolas em todo o país, sendo as regiões detentoras das principais vinícolas: Mendonza (responsável por mais de 70% de toda a produção de vinhos da Argentina e 85% dos vinhos de qualidade); Córdoba; La Rioja; Salta; San Juan; Rio Negro e Neuquén.

Um diferencial bastante interessante presente na Argentina é a sua aposta na variedade de uvas utilizadas na produção do vinho, dentre elas as principais são, Chardonnay, Chenin Blanc, Criolla e Cereza, Moscatel de Alejandria e Torronté(uvas brancas), e Barbera, Bonarda, Sangiovese , Tempranilla, Cabernet Sauvignon, Malbec e Merlot( uvas tintas ). A uva Malbec é a mais conhecida e famosa uva da Argentina.

Os vinhos argentinos são destinados a todos os tipos de bolsos e gostos, as variações de preços são referentes à sua safra, ou seja, ao ano em que o vinho foi fabricado; a variedade da uva (uvas brancas ou uvas tintas) e também a região de cultivo de determinada uva. Há vinhos respectivamente baratos que não ultrapassam o valor de R$30,00, porém há também aqueles requintados e finos (possuem qualidade superior) que ultrapassam a margem dos R$1000,00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>